facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Colunistas
A CRÔNICA DA SEMANA OS ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS REPETEM

Itens 1, 2, 3, e 4 são aqui omissos, pois fizeram parte da crônica anterior; daí então, 5- Acabar com as Assembleias Legislativas, que só servem aos seus membros e aos seus familiares; 6- Redução drástica da quantidade de vereadores eextinção imediatade seus salários, com isso, diminuindo, por consequência os gastos das Câmaras Municipais e mordomias; 7- Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados (filiados) e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas atividades; Aliás, cinco partidos apenas, seria mais que suficientes na atual conjuntura política brasileira; 8- Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores e apaniguados das Câmaras Municipais, Assembleias Legislativas, Câmara dos Deputados, do Senado, Ministérios e Palácios da Justiça e outros mais existentes, assim como Órgãos governamentais e de todos os cargos de confiança da administração direta e indireta. Autarquias, Empresas Públicas e de todas as demais agremiações do governo que se deslocam em digressões particulares pelo País afora, sejam objeto de extinção; 9- Acabar com as mordomiasdos motoristas particulares 24 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias, para servir suas excelências, filhos e famílias e até, as ex; 10- Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado; 11- Colocar chapas de identificação em todos os veículos do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviços particulares, tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, e outras mumunhas mais. 12- Acabar com o vaivém semanal dos deputados e respectivas estadias em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes; 13- Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós que nunca estão no local de trabalho). Há quadros (diretores gerais e outros) que, em vez de estarem no serviço público, passam o tempo todo nos seus escritórios particulares de Consultorias a cuidar de seus interesses, jamais os do País; 14- Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir aos apadrinhados do poder (há hospitais de cidades com mais administradores que pessoal médico). São estas conhecidíssimas como as oligarquias locais do partido no poder; 15- Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o governo, no âmbito de um tráfico de influências, estes sempre em proveito próprio; 16- Acabar com as várias aposentadorias por pessoa, entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Legislativo, esta sendo perene aos descendentes e etc. e tal; 17- Exigir o pagamento da devolução dos milhões dos empréstimos compulsórios confiscados dos contribuintes, e pagamento imediato dos precatórios judiciais; 18- Criminalizar, com processos autênticos imediatamente, o enriquecimento ilícito a apaniguados, confiscando seus bens e punindo os ladrões que fizeram fortunas e adquiriram patrimônios de forma indevida à custa do contribuinte, especialmente os manipuladores que aumentam os preços de empreitadas públicas, com isso, desviando dinheiro segundo esquemas pretensamente “legais”, sem controle, e vivendo à tripa forra à custa dos espoliados, dinheiro este que deveria servir para o progresso do país e para a assistência aos que efetivamente dela necessitam; 19- Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efetivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas valem e os crimes não prescrevem com leis elaboradas, discutidas, aprovadas e sancionadas as pressas, feitas à medida para seus benefícios; 20- Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas públicas e ou particulares que tenham sido beneficiadas com recursos e fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos cujos; 21- Elaborar um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma, a saber, qual o seu patrimônio antes e depois; 22- Determinar aos bancos públicos e privados a pagarem todos os impostos e, atendendo a todos, indistintamente nos horários do comércio e da indústria; 23- Concretizar auditorias “urgentes” proibindo repasses de verbas para todas e quaisquer ONGs., devendo estas serem mantidas por entidades privadas e não pelos governos; 24- Efetivar uma devassa nas contas do MST e similares, bem como no PT (partido do poder) e demais partidos políticos, especialmente os coligados; 25- Rever imediatamente a situação dos Aposentados, acabando de uma vez por todas com o famigerado “Fator Previdenciário”; essa classe de ex-trabalhadores que construíram esse País.Esta classe que necessita urgentemente ser reconhecida pelos seus valores, valores estes os quais a maioria vive em depressão permanente e são pirâmides dos brasileiros, ainda trabalhadores e, dos próprios aposentados; 26- Rever os absurdos das indenizações milionárias pagas indevidamente aos outrora guerrilheiros, hoje cognominados “perseguidos políticos” durante o período da ditadura; 27- Auditoria sobre o perdão de dívidas que o PT concedeu a outros países, esse em total detrimento à população brasileira, tornando-se um acinte aos brasileiros; 28- Acabar com as mordomias (que são abusivas) da aposentadoria do Presidente da Republica e de tantos outros, após um mandato. Os brasileiros têm que trabalhar 35 anos e não tem nenhum direito a não ser pagar impostos; 29- Acabar com o direito do criminoso condenado pela Justiça receber mais do que o salário mínimo por filho menor, e, se este vir a falecer, o beneficio outorgado é para a família. O Criminoso nessa situação deve trabalhar para receber algum benefício, e, por consequência deveria indenizar a família que ele prejudicou; 30- Suspender por 40 anos os Direitos Políticos de todos os petistas salafrários que atentam contra a dignidade dos brasileiros e mamam desesperadamente nas tetas dos governos federal, estadual e municipal; Já que esses nossos políticos e governantes não querem fazer reformas de fato e de direito, não querem passar o País a limpo, cabe a cada brasileiro, e a nós o povo esclarecido, fazer tudo isto através da mobilização em massa indo para as ruas (sem vandalismo, sem Black blocs e outras siglas), manifestar a nossa insatisfação e indignação. Em síntese estas seriam atitudes democráticas para o bem de todos e felicidade geral da nação. Juntos, vamos mostrar que no Brasil pode e merece mudar.

Marcos Evangelista Alves – O Gabiroba






TOP MAIS
1 - Família de Ipatinga é cercada por criminosos e tem carro roubado na MG-120
2 - MARÍLIA MENDONÇA DE QUEM É A CULPA
3 - DILSINHO CANSEI DE FARRA
4 - HENRIQUE E JULIANO AQUELA PESSOA
5 - ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO DESTINO

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2017. Todos os direitos reservados. - Site Ouro