facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Colunistas
"EM HORA SOFRIDA, MINAS PODE MUDAR O BRASIL"

Por Dr Marcos Gabiroba

Graças a Deus, as eleições de semana passada conduziram-nos a um segundo turno, para desespero dos petistas que, desde o início da campanha eleitoral se proclamavam vencedores, ainda no primeiro turno. Aécio Neves com sua vibra de autêntico mineiro da gema, jamais temeu sua participação no pleito, às vezes, lutando contra o descrédito de poucos, até mesmo entre seus companheiros. Enfrentou a batalha e virou o jogo no primeiro tempo. Que Deus o ilumine e ao som dos velhos sinos de São João Del Rei, sua terra natal e de seu avô Tancredo Neves e todos os demais sinos das velhas e históricas igrejas dessas Minas Gerais possam, no dia 26 de 
outubro soar alegremente, dobrando, enfim, anunciando um novo tempo para o país, de justiça e paz. Até que enfim, nós mineiros teremos a oportunidade, de no segundo turno, onde a luta para permanecer no governo será a ferro e fogo, de reunirmos condições de dar ao Brasil inestimável contribuição, subtraindo de uma simples intrusa os votos que então conquistou. É de bom alvitre lembrar que a ocupante do Palácio do Planalto, candidata à reeleição é uma mineira de meia tigela que renegou seu torrão natal, que nem sequer vota aqui, receberá dos autênticos mineiros uma boa, oportuna e inesquecível lição.
 
Com certeza será com a sua derrota que se encerrará um ciclo pernicioso ao país, “de índole malandra e fascista”. Gente pense nisso: o Brasil é muito maior que todos nós. A hora é agora ou nunca mais. Chega de mentiras e falcatruas que nos envergonharam durante estes 12 anos de governo petista. A história nos revela através dos fatos verdadeiros que Milton Campos, em 1960 perdeu as eleições para Jango Goulart em Minas. Quis o destino que após sete meses e alguns dias depois com a renúncia de Jânio Quadros, quatro anos perdemos a oportunidade de um mineiro assumisse o poder no Brasil, depois de Juscelino. Mas o próprio destino, três anos depois mostrou aos mineiros a burrada que fizeram, pois, Jango foi deposto e com isso vivemos vinte e um anos de ditadura militar. Desde JK, estamos ausentes da chefia do poder central. Há quase seis dezenas de anos, Minas permanece afastada das decisões. É um preço político muito alto para o país que, nas horas incertas, tanto contou com a sabedoria mineira. Como sabemos a história não se escreve no condicional, ensinam-nos os doutos. Contudo, nada custa inquirir: o que teria sido da Revolução de 1930 não fossem a coragem e a sedutora capacidade dos mineiros em costurar compromissos, firmar acordos, estabelecer combinações, negociar com arte, conciliar com esmero mesmo quando, apesar das hostilidades dos impactos políticos violentos, os mineiros seguiam em frente, às vezes exautos da violência da peleja, sem, contudo, jamais desistir ou fraquejar nos seus intentos, lutando pela democracia legítima. Terá essa Minas acabado? Ou começa a renascer? 
 
Uma pergunta que não se cala, cuja resposta definitiva a teremos no próximo dia 26, quando da realização do segundo turno. Desta vez, não fosse o recuo de Minas, Aécio já poderia estar eleito, acabando com os 12 anos de trevas medonhas do lulapetismo. 
 
Está chegando a hora de toda Minas Gerais se redimir. Erros ocorrem. Não podemos mais errar. A eleição de Aécio Neves no segundo turno é questão de honra e para o bem do Brasil, se quiser sair do buraco em que está, ou melhor, no buraco em que o lulapetismo e a Dil’mais o jogaram. Hoje, felizmente, a política não mexe mais comigo. Vivemos a geração dos que, num contorcionismo cínico, dizem que pegaram em armas para lutar contra a ditadura militar. Na verdade, esses petralhas lutaram sim, para implantar outra ditadura, esta, civil comunista. Assaltaram bancos, mataram gente, seqüestraram embaixadores, torturaram outros e pintaram e bordaram com esse 
objetivo, e hoje revelam que queriam ser tratados a pão-de-ló... Pense nisso: É melhor ganhar com quem tem passado limpo, não é mesmo? Também, é de bom alvitre lembrar que, caso haja o infortúnio da continuação do lulapetismo, 95 por cento dos generais da reserva, estes humilhados, sacaneados e entregues à depravação pública, já estão organizados para uma eventual intervenção, cujos efeitos deles no poder todos já conhecemos. Também pensemos nisso! É melhor termos um Aécio na presidência do que tudo isso que aí está. Que, eleito presidente, Aécio continue a trajetória iniciada por Tancredo Neves, seu avô, em prol da consolidação do regime 
democrático – o único capaz de desenvolver este país com liberdade e justiça social. 
 
Como brasileiro em pleno gozo de meus direitos civis estarei torcendo, caso o Aécio seja o eleito para que seu governo não se esqueça dos que mais necessitam dele – os despossuídos, que são milhões. Resta agora a esperança de que Deus seja mesmo brasileiro e permita que Aécio ganhe a eleição no segundo turno, ou então, vamos ter uma invasão em nosso Estado de cupins chupa-cabras petistas de todas as plagas. Para encerrar nosso diálogo de hoje, me lembro de uma celebre frase de Tancredo quando de sua posse no governo de Minas: “A verdadeira liberdade democrática começa por Minas Gerais de Tiradentes”. Aos indecisos e aos que anulam o seu voto, saibam que quem não gosta de política é governado por quem gosta! Anular o voto é ser conivente com o governo que aí está. Não desperdice a sua chance de opinar. Somos nós os eleitores que podemos decupinizar o País, ou fazer o Brasil continuar como 
está. Podemos sim apoiar a tentativa de dar novos rumos ao Estado brasileiro. Eu acredito! Ótima semana para todos. Ainda temos a oportunidade de analisarmos as propostas e fazermos nossa escolha. Mudança já! E esta só poderá acontecer de fato e de direito é com o Aécio Neves na Presidência da República. Tenho dito.
 
Ótima semana!!! 





TOP MAIS
1 - MARÍLIA MENDONÇA AMANTE NÃO TEM LAR
2 - DILSINHO CANSEI DE FARRA
3 - HENRIQUE E JULIANO AQUELA PESSOA
4 - ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO DESTINO
5 - ANITTA PARADINHA

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2017. Todos os direitos reservados. - Site Ouro