facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Colunistas
AS ROSAS, O AMOR E A SAUDADE

 

Por Marcos Gabiroba

 

Para não dizer que não falei das flores, hoje amigos, não desejo falar sobre política municipal, estadual, nem sequer sobre política federal. No intervalo de uma leitura qualquer, costumo dar um pulo a outros horizontes, ares mais leves, como a refrescar a mente. Pratico, assim, uma espécie de férias para fruir o descanso da mente em passeio sem compromisso e quase sempre acontece que o receio me traz mais preocupação do que o trabalho de corvejar (soltar a voz). 

Paradoxo da vida intelectual. O alpinismo que fatiga em vez de distrair é alucinante. Por isso, desejo sim, falar das flores, especialmente sobre as rosas. Elas não falam, mas exalam o perfume que nos inebria. Rosas, são rosas, mas também são flores. Por isso, plagio de Cartola esses versos: “Bate outra vez, com esperanças o meu coração, pois já vai terminando o verão, enfim. Volto ao jardim com a certeza que devo chorar, pois bem sei que não queres voltar para mim.

Queixo-me às rosas, Mas, que bobagem, as rosas não falam. Simplesmente as rosas exalam o perfume que roubam de ti. Devias vir para ver os meus olhos tristonhos. E, quem sabe, sonhavas meus sonhos, por fim”. Lindo não é? Pois bem! As flores se abrem e acreditam nos raios do sol. Para que as nossas preces sejam atendidas, devemos nos acalmar, abrindo-nos  e estar dispostos a receber...

Não existe um momento em nossa vida em que não estejamos sem apoio. Não existe um só momento em nossa vida em que devemos resolver um único problema sozinho. No entanto, nos esforçamos para obter soluções para os desafios da vida sem contar com a ajuda do céu. Às vezes, nos decepcionamos com outros seres humanos, sem contar com a ânsia de nos decepcionarmos com Deus. Podemos ter ajuda em nossa vida? Estamos dispostos a acreditar e a receber? Na verdade, a ajuda está sempre ao nosso alcance. Deus está sempre presente. Seus Anjos estão sempre presentes também. Seus Anjos estão sempre querendo ajudar-nos. Seus Anjos querem tornar a nossa vida mais fácil. Mas, cabe a nós decidir o quanto autorizamos a nos ajudar. Se, estamos pedindo ajuda, mas em nosso âmago temos uma crença de que ninguém nos ouve ou ninguém se importa, então os Anjos só podem nos ajudar até certo grau. Podemos trabalhar para derrubar as nossas crenças. Podemos dizer a nós mesmos: “Talvez tenhamos sido decepcionados no passado. Talvez, não confiamos verdadeiramente em Deus. Talvez devêssemos tentar de novo. Como uma criança inocente, podemos invocar a presença de Deus em nossa vida meditando: Querido Deus! Queridos Anjos!

Nos decepcionamos no passado e ainda não sabemos se acreditamos, plenamente em sua ajuda em seu amor por nós, mas queremos acreditar com fé. Por favor, encontrem meios para chegar ao nosso coração e nos mostre o seu pleno amor. Encontrem maneiras para ajudar-nos a abrir nossos corações para recebermos suas presenças em nossas vidas, tão atribuladas da maneira mais simples possível. Neste instante, respiramos, lenta e profundamente o vosso amor.

Deus, seus Anjos estão sempre contigo. Abra nossos corações para recebermos vossa ajuda. Senhor, quando sentirdes que as nossas preces não estão sendo atendidas, ensina-nos a perguntar-nos a nós mesmos: Estamos dispostos a acreditar? Estamos dispostos a receber? Senhor, se não pudermos chegar a este ponto sozinhos, pedimos vossa ajuda. Querido Deus! Queridos Anjos! Ajudem-nos a acreditar em vosso infinito amor para que sejamos gentil a todos que se achegarem a nós. Ajudem-nos a abrir nosso coração para receber e também doarmos com verdadeiro amor. Senhor, nós confiamos..., Senhor, nós acreditamos..., pois, nosso coração bate outra vez com esperanças, pois, já vai terminando o verão, em nós... E, por fim, pra não dizer que não falei do amor e da saudade deixo aqui meu recado final: “O amor não chora, se eu volto é pra ficar; o amor não chora, que a hora é de deixar; o amor de agora, pra sempre ele há ficar. O amor tem o seu reinado e esse reino não tem fim. Quanto à saudade, ela é o amor que fica. Ótima semana para todos.






TOP MAIS
1 - MARÍLIA MENDONÇA AMANTE NÃO TEM LAR
2 - DILSINHO CANSEI DE FARRA
3 - HENRIQUE E JULIANO AQUELA PESSOA
4 - ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO DESTINO
5 - ANITTA PARADINHA

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2017. Todos os direitos reservados. - Site Ouro