facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Colunistas
A CRÔNICA DA SEMANA: A FELICIDADE EXISTE! TUDO É O MODO DE DIZER

 

Por Dr Marcos Gabiroba - Clique aqui e ouça na íntegra "A crônica da semana".

Hoje quero abordar com você público ouvinte, um tema diferente em nossa vida. Sim, quero falar sobre a felicidade, esta condição de vida que todo ser humano vive em sua busca incessante. Mas, o que é a felicidade para você? Ter muito dinheiro no bolso, ou na sua caderneta de poupança? Uma conta polpuda na agência bancária? Um comércio bem montado com uma freguesia selecionada? Uma casa bem construída e recheada de bens matérias? Um automóvel de última geração – uma Ferrari – por exemplo; um apartamento de três ou quatro quartos, todo equipado, ou uma vida recheada das graças de Deus, sem dores, doenças ou desequilíbrios emocionais?
 
Para o meu modesto entendimento, respeitando quem pensa o contrário, a felicidade é um jeito de viver e uma maneira de estar agradecido à vida, pois tudo o que nos acontece – positivo ou negativo – enriquece nossa vida. Devemos agradecer a quem nos oferece e estende sua mão e também àqueles que nos abandonam, pois certamente, neste abandono encontramos a possibilidade de descobrirmos a força que existe dentro de nós. Já pensou nisso? Certamente, creio que não? Não, não meus amigos e ouvintes, a felicidade não é o que as pessoas têm, mas o que elas fazem com o que têm. Existem pessoas saudáveis possuidoras de bens materiais e socialmente bem integradas e ainda assim se sentem angustiadas e deprimidas. Não conseguem enxergar com alegria e satisfação os pequenos momentos do cotidiano.
 
As pessoas que vivem de forma feliz usufruem a oportunidade da vida que lhes foi dada da melhor maneira possível. Já aprenderam a valorizar e aproveitar aquilo que possuem, enquanto não conquistam aquilo que desejam. Não procuram a felicidade naquilo que não têm, embora, continuem a lutar por seus objetivos. Existem inumeráveis pessoas que não possuem estabilidade e segurança financeiras ou têm problemas difíceis em suas vidas, mas são donas de significativa alegria de viver em paz. Já pensou nisso, se este é o seu caso? Despertar para o dinamismo e a fluidez da vida, entendendo e aceitando os altos e baixos advindos de situações de naturezas diversas, faz com que as pessoas percebam sua beleza. Saber apreciar a alegria e a dor constitui a base da felicidade. Emoções opostas como o amor, o ódio, a tristeza e a alegria fazem parte da nossa oportunidade e desenvolvimento. Aprender por meios de experiências que nos causam dor nos levam ao exercício da reflexão, pois a felicidade não advém só do prazer. Esta é uma realidade insofismável que jamais passa por nossa cabeça. 
 
 
Se mudarmos a interpretação dos fatos que nos acontecem, consequentemente a nossa reação a eles também mudam. E assim estaremos mais aptos a sermos bem menos influenciados por eles, não é mesmo? O tipo de reação que temos sobre aquilo que nos acontece é o que vai determinar como serão nossas emoções. Muitas vezes não podemos mudar os fatos que nos acontecem, mas podemos mudar a visão que temos sobre eles. E isto não é difícil de perceber. Também é importante observar que, o cotidiano sempre nos convida a emoções ambíguas, pois, se por um lado expressamos emoções da nossa natureza humana com amor, paciência, simplicidade, humildade, desprendimento e solidariedade, por outro lado, também manifestamos sentimentos e atitudes negativas, pertencentes a essa mesma natureza humana, tais como, o egoísmo, a intolerância, o materialismo e outros fatores negativos que carregamos dentro de nós mesmos. Mas se compreendermos e deixarmos fluir dentro de nós a nossa inteligência intuitiva, poderosa, simples e natural que sabe o que fazer e aonde nos levar para sermos mais felizes, pois sempre estaremos em contato com as nossas aspirações mais profundas. Seremos assim, guiados pela nossa essência espiritual sem guerras interiores. Então, o que pode nos tornar ou fazer com que realmente sejamos felizes? Possuir consideráveis qualidades como paz interior, harmonias nas relações interpessoais baseadas em amor verdadeiro, alegria de viver, confiança, pensamentos e sentimentos positivos, realização pessoal e profissional e prosperidade, entre outros, este é o caminho. Para que consigamos desenvolver o mais possível estas nossas qualidades e podermos ser felizes, precisamos realizar um trabalho interior ativando permanentemente a nossa vontade nesta direção e, construirmos assim a nossa felicidade. Pensem nisso. Este processo espiritual em direção à nossa felicidade é gradual, pelo fato de sermos espíritos eternos. Embora, normalmente estejamos “presos” aos fatos que nos acontecem no mundo exterior, a nossa paz de espírito vai depender essencialmente do esforço que colocarmos no trabalho de auto melhoramento, e da adoção de posturas construtivas e saudáveis.
 
Porém, é importante nos perguntar se estamos também levando a felicidade aos outros já que ajudar aos nossos semelhantes nos faz sentir úteis e produtivos. A alegria e a felicidade são irmãs gêmeas e os sentimentos recebidos como recompensa à prática desta nossa doação é dádiva de Deus. Deve haver equilíbrio na nossa atitude de buscar a nossa felicidade e a do outro. Pensar coletivamente é tão importante quanto focar a atenção somente em nós mesmos, pois como diz velho e conhecido adágio: “Podemos dizer a mesma coisa de formas diferentes, pois tudo é o modo de dizer”, não é mesmo? Um abraço, uma palavra amiga, um gesto concreto, o chegar junto ao outro na sua dificuldade é o outro caminho para a eterna felicidade.
 
Pense nisso... Ótima semana!
 

teste



TOP MAIS
1 - ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO ANJO DO AMOR
2 - NICOLAS GERMANO SIMPLES E ROMÂNTICO
3 - SORRISO MAROTO O IMPOSSÍVEL
4 - ATITUDE 67 CERVEJA DE GARRAFA
5 - IZA PART. RINCON SAPIÊNCIA GINGA

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2018. Todos os direitos reservados. - Site Ouro