O que era para ser uma brincadeira da cantora Marília Mendonça com um músico da banda de apoio, durante live realizada na noite de domingo (9), se transformou em polêmica. Nas redes sociais, a cantora foi acusada de transfobia.

Marilia admitiu que a brincadeira foi de péssimo gosto e tentou se desculpar. "Pessoal, aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões. De todo coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei", postou.

 

Durante a live, a artista relatou, em tom debochado, um caso ocorrido com o músico, que foi a uma boate de público LGBTIA+ em Goiânia e que ele teria "beijado a mulher mais bonita da vida dele".

"E aí não vou falar quem e nem vou falar o porquê, vou ficar calada. (...) É só isso. O contexto vocês vão saber", finalizou a cantora, o que provocou a reação imediata do músico, também de forma divertida: "Era mulher mesmo, p...!".

Nas redes, não faltaram críticas à artista. "Se o conhecido dela foi e beijou uma trans, fez muito bem! E você está sendo infeliz com esse comentário", escreveu um internauta. "Eu queria entender qual e a piada se o amigo tiver ficado com uma mulher trans. Afinal alguém gostar da gente é motivo de piada?