facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Futebol
Diretor do Cruzeiro garante permanência de Mano, reafirma confiança no grupo e cobra: "Não tem ninguém satisfeito com momento"

 

A manhã desta quarta-feira foi agitada na Toca da Raposa II. Um grupo de 200 torcedores protestou na reapresentação dos jogadores do Cruzeiro, após a derrota para o Atlético (3 a 1), em jogo do Campeonato Brasileiro. Pressionada, a diretoria permitiu a entrada dos líderes da manifestação. Ele conversaram com alguns dirigentes, mas não tiveram contato com os atletas. Posteriormente, o diretor Klauss Câmara e o gerente Tinga concederam uma entrevista coletiva. A cúpula celeste garantiu a permanência de Mano Menezes, reafirmou confiança no grupo, mas também demonstrou descontentamento com o momento vivido pelo clube.

“Não tem ninguém satisfeito com o momento que estamos vivendo, mas a grande frustração foi a eliminação precoce na Sul-Americana. Mas quando a gente pensa no que tem pela frente, nos profissionais que temos, a gente acredita que vai virar essa chave e ir em busca das três competições que ainda podemos ganhar”, disse Klauss Câmara.

Eliminado da Copa Sul-Americana pelo modesto Nacional, do Paraguai, e derrotado pelo maior rival na final do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro ainda segue vivo na Copa do Brasil (empatou com o Palmeiras por 3 a 3 na partida de ida das quartas de final, em São Paulo), no Campeonato Brasileiro (está na 13ª posição, com 14 pontos) e na Primeira Liga (enfrenta o Grêmio nas quartas de final). 

O técnico Mano Menezes, um dos focos do protesto da torcida, está mantido no cargo. “Há muita dificuldade quando se demite o treinador no Brasil. E acho que temos um dos melhores. É um dos motivos que acreditamos que podemos ter uma temporada positiva”, afirmou Câmara.


O diretor disse que o Cruzeiro segue atento ao mercado, com possibilidade de chegadas e saídas. “Não vamos setorizar em qual posição vamos buscar. Pelas ambições que temos, pelo que o clube é, temos de estar atentos ao mercado. Há muita movimentação, inclusive com possibilidade de saída de atletas”, frisou Câmara.

Tinga, por sua vez, comentou o encontro com membros das organizadas. “Os torcedores queriam falar com os jogadores, mas achamos melhor falar conosco. O que eles queriam, eu já havia falado com os jogadores. A cobrança é pertinente. Mas o apoio é total”, afirmou. 

“Vivi a pressão dentro do campo e agora vivo fora. O sentimento da diretoria é que o momento é de cobrança, mas interna. Procuro ser verdadeiro com os jogadores, falar o que penso, o que vi que é o caminho do sucesso. Temos de caminhar juntos”, disse Tinga, antes de garantir apoio ao grupo celeste. 

“Acredito demais neste grupo, que era tão falado por todos. A cobrança é grande, mas continuamos confiando. Falamos tudo que tem de ser falado, pois um time que tem a qualidade do Cruzeiro, alguma coisa tem de ser feita”, destacou o ex-jogador do Cruzeiro.

Antes das atividades da manhã desta quarta-feira, a diretoria do Cruzeiro conversou com jogadores e comissão técnica. Os dirigentes cobraram, mas garantiram apoio para sequência da temporada. Na parte da tarde, às 15h, o elenco volta a treinar em preparação para a partida contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro.






TOP MAIS
1 - MARÍLIA MENDONÇA AMANTE NÃO TEM LAR
2 - DILSINHO CANSEI DE FARRA
3 - HENRIQUE E JULIANO AQUELA PESSOA
4 - ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO DESTINO
5 - ANITTA PARADINHA

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2017. Todos os direitos reservados. - Site Ouro