facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Futebol
Hora da revanche: Cruzeiro reencontra Grêmio e tenta dar o troco na semifinal

 

SUPERESPORTES

Em 2016, Cruzeiro e Grêmio se enfrentaram na semifinal da Copa do Brasil. O jogo de ida foi no Mineirão, e o time mineiro perdeu por 2 a 0, decepcionando mais de 50 mil torcedores. Na volta, bastou ao Tricolor segurar empate sem gols e se qualificar para a decisão, na qual superou o Atlético e levantou o quinto título. Em 2017, os clubes se reencontram na mesma fase da competição. O sentimento é de revanche por parte da Raposa, que agora joga a primeira partida fora e a segunda em casa. A vaga na final começa a ser decidida às 21h45 desta quarta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.
 
Há muitas semelhanças entre as equipes que disputaram as semifinais em 2016 e os times atuais. O Cruzeiro contará com Lucas Romero, Leo, Henrique, Robinho, Rafael Sobis e Alisson. O Grêmio terá Marcelo Grohe, Edílson, Geromel, Kannemann, Ramiro, Luan e Pedro Rocha.
 
Em compensação, a Raposa do ano passado que encarou o Grêmio lidava com a obrigação de fugir do rebaixamento no Brasileiro – estava em 13º na 32ª rodada, com 41 pontos, seis a mais que o 17º Vitória. Já o time de 2017, embora não faça grande campanha na Série A, ocupa o nono lugar, com 27 pontos, num cenário relativamente confortável. E o torneio está apenas na 20ª rodada – ou seja, há longo caminho pela frente em busca de evolução. Para o técnico Mano Menezes, esse é um dos fatores que aumentam o nível de confiança do Cruzeiro. O outro é o amadurecimento do time no segundo semestre de 2017.
 
“Ano passado estávamos mais pressionados pela tabela do Brasileiro, pois estávamos nas últimas colocações e isso é uma pressão a mais. Você não pode voltar as suas atenções quase que com exclusividade para um ou dois jogos porque você tem jogo do Brasileiro três dias depois. A segunda é que a gente está mais maduro como equipe. Acho que o Grêmio também está. Mas o Grêmio já está no terceiro ano do estágio de uma equipe. O Cruzeiro está no segundo. E o primeiro ano sempre é muito difícil, a gente oscila mais, a gente comete mais erros. Dentro do primeiro semestre a gente ainda teve erros em demasia, mas acho que agora estamos mais preparados para enfrentar um jogo dessa grandeza e desse grau de dificuldade”.
 
Para encarar o Grêmio, o Cruzeiro conta com a boa fase de Thiago Neves, autor de 12 gols e oito assistências em 36 jogos na temporada. Considerando apenas a Copa do Brasil, o camisa 30 contabilizou tentos importantes diante de São Paulo, na quarta fase, e Palmeiras, nas quartas de final – além de contribuir com cinco passes para gols no torneio. Destaque do time, o meio-campista espera ganhar o primeiro confronto – a exemplo do que o Tricolor fez em 2016. “Pode como foi para eles no ano passado (a importância do resultado na primeira partida). Ganharam no Mineirão e tiveram a vantagem aqui, então estamos aqui para isso, para conseguir a vitória ou empatar aqui dentro mesmo para levar o bom resultado para Belo Horizonte e tentar a classificação para a final da Copa do Brasil”.
 
Como o último treino foi fechado à imprensa, Mano só divulgará a escalação no vestiário da Arena do Grêmio. Na coletiva dessa terça, o comandante disse que jogariam Lucas Silva ou Hudson e Elber ou Robinho. Assim, a escalação teria Fábio; Lucas Romero, Leo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique e Lucas Silva (Hudson); Elber (Robinho), Thiago Neves e Alisson; Rafael Sobis.

O técnico Renato Gaúcho, do Grêmio, também escondeu a equipe. Ele não contará com Maicon, que sente dores no tendão de Aquiles do pé esquerdo. O lateral-direito Edílson pregou respeito ao Cruzeiro, mas ressaltou o desejo de abrir vantagem no Rio Grande do Sul. “Respeito a gente sempre tem pela grande equipe do Cruzeiro, pelo plantel deles, que tem jogadores de altíssimo nível. O nosso pensamento é um só de levar uma vantagem para Belo Horizonte, independentemente de ser 1 a 0 ou 2 a 0. A gente tem que levar de alguma forma uma vantagem. Mas é uma semifinal, jogo decisivo, adversário que joga em altíssimo nível. Então, a gente tem que atacar bem e defender super bem para não levar gol”.
 
GRÊMIO X CRUZEIRO
 
GRÊMIO
Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Barrios
Técnico: Renato Gaúcho
 
CRUZEIRO
Fábio; Lucas Romero, Leo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Silva, Elber, Thiago Neves e Alisson; Rafael Sobis
Técnico: Mano Menezes
 
Motivo: jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil
Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: quarta-feira, 16 de agosto de 2017
Horário: 21h45
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP/CBF)
Assistentes: Anderson José de Moares Coelho (SP/CBF) e Bruno Salgado Rizo (SP/CBF)
Assistentes adicionais: José Cláudio Rocha Filho (SP/CBF) e Ibert Estevam da Silva (SP/CBF)
 
 





TOP MAIS
1 - LÉO MAGALHÃES OI
2 - LUDMILLA FEAT JEREMIH TIPO CRAZY
3 - SORRISO MAROTO ANJOS GUARDIÕES DO AMOR
4 - ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO DESTINO
5 - COLDPLAY HYPNOTIZED

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2017. Todos os direitos reservados. - Site Ouro