facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Futebol
Após 40 anos, Brasil estreia sem vitória: 1 x 1 com a Suíça

 

Pela primeira vez em 40 anos, a Seleção estreia sem vencer na Copa do Mundo. Na era do Árbitro de Vídeo (VAR), uma teimosia humana impediu que o Brasil deixasse a Arena Rostov com três pontos. Houve falta de Zuber em Miranda no lance do gol de empate da Suíça. O zagueiro reclamou. Porém, o árbitro mexicano César Ramos ignorou. 

O Brasil não tropeçava em estreias desde a Copa de 1978, na Argentina. Curiosamente também houve erro de arbitragem contra a Seleção. Depois de uma cobrança de escanteio, Zico fez o gol que poderia ter garantido a vitória sobre a Suécia. No entanto, o juiz anulou alegando que a partida havia terminado. 

 
Organizada no primeiro tempo e mantendo o controle do jogo, como gosta Tite, o Brasil tomou um susto no início com a finalização de Dzemaili após cruzamento de Ricardo Rodríguez, mas logo assumiu as rédeas e investiu nos lances pelas pontas. Do lado direito com Willian. Do outro, com um Neymar irreconhecível. Travado, inseguro, sem ritmo de jogo. 
 
Coube ao coadjuvante Philippe Coutinho o raro momento iluminado da Seleção. Quando acertou o canto esquerdo do goleiro Sommer, Philippe Coutinho acumulava pelo menos nove anos de rancor na perna direita. A geração de 1992 da Seleção Brasileira foi eliminada pela Suíça na fase de grupos do Mundial Sub-17 de 2009. Além dele, faziam parte daquele time o goleiro Alisson, o volante Casemiro e o camisa 10 Neymar. Os jogadores daquele time chegaram a ser considerados uma geração perdida. A Suíça seguiu em frente e foi campeã. 
 

Avanço suíço

Em vez de tornar o Brasil mais agressivo no segundo tempo, o gol deu coragem à Suíça. O técnico Vladimir Petkovic avançou a equipe na etapa final e conseguiu o que desejava: uma bola parada para explorar o ponto fraco da era Tite: bola aérea. Sob o comando dele, o Brasil havia sofrido cinco gols em lances iniciados a partir de cruzamentos. Petkovic sabia disso. Zuber desestabilizou Miranda no lance crucial da partida e emudeceu a torcida brasileira. 
 
Neymar, um dos piores em campo, tentou resolver sozinho num chute de fora da área e numa cabeçada. Foi dele também a cobrança de falta para a cabeçada de Roberto Firmino. Miranda ainda tentou decidir em uma finalização perigosa da entrada da área, mas a bola passou perto. Renato Augusto teve a última chance, mas o goleiro salvou. 
O Brasil volta a campo na sexta-feira contra a Costa Rica, em São Petersburgo. A Sérvia lidera o Grupo E depois de vencer por 1 x 0 na estreia. Brasil e Suíça somam um.
 

FICHA TÉCNICA

BRASIL 
Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro (Fernandinho), Paulinho (Renato Augusto), Philippe Coutinho, Willian e Neymar; Gabriel Jesus (Firmino)
Técnico: Tite 
 
SUÍÇA
Sommer; Lichtsteiner (Lang), Schär, Akanji e Rodriguez; Xhaka, Behrami (Zakaria), Dzemaili, Shaqiri e Zuber; Seferovic (Embolo)
Técnico: Vladimir Petkovic 
 
Gols: Philippe Coutinho, aos 20 minutos do primeiro tempo. Zuber, aos 5 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Lichtsteiner, Schär e Behrami (Suíça); Casemiro (Brasil)
Público: 43.109 pagantes
Renda: não divulgada 
Árbitro: César Ramos (México)
 





TOP MAIS
1 - ZÉ NETO E CRISTIANO NOTIFICAÇÃO PREFERIDA
2 - VITOR KLEY MORENA
3 - GUSTAVO MIOTTO CONTRAMÃO
4 - ATITUDE 67 CERVEJA DE GARRAFA
5 - IZA PART. RINCON SAPIÊNCIA GINGA

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2018. Todos os direitos reservados. - Site Ouro