facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Futebol
Copa do Mundo – Brasil sofre, mas vence Costa Rica com gols de Coutinho e Neymar nos acréscimos

 

 

Foi sofrido, mas a Seleção Brasileira conseguiu a primeira vitoria na Copa do Mundo ao fazer 2 a 0 em Costa Rica, nesta sexta-feira, em São Petersburgo, pela segunda rodada do Grupo E. Os gols só saíram nos acréscimos do segundo tempo, marcados por Philippe Coutinho e Neymar. Agora, o Brasil vai se preparar para enfrentar a Sérvia, quarta-feira, às 15h (de Brasília) para ratificar a vaga nas oitavas de final.

O resultado foi mais importante que a atuação. Novamente os comandados de Tite estiveram abaixo do esperado, principalmente no primeiro tempo. A expectativa é que, passada a pressão pelo primeiro triunfo, os atletas fiquem mais soltos e consigam jogar tudo que podem. Também é esperado mudança na formação titular, pois Douglas Costa, que substituiu Willian no intervalo, deu mais dinâmica ao time. Pode ser também que o lateral-direito Danilo, poupado ontem, volte no lugar de Fágner, que não se saiu bem.

No jogo que abriu o dia no Mundial da Rússia, o Brasil até tentou colocar pressão no começo e Philippe Coutinho, aos 2min, arriscou o primeiro chute, para fora. Porém, nervoso, o time não coneguiu concatenar jogadas. Faltou infiltração, triangulações, jogadas pelos lados.

Costa Rica se aprovietou e aos 12min por pouco não marcou, com Borges concluindo para fora, próximo ao poste direito de Alisson.  Aos 25min, o Brasil marcou com Gabriel Jesus, depois de chute de Willian. Porém, o atacante brasileiro estava impedido. Três minutos depois Coutinho tentou de novo, dessa vez rasteiro, mas novamente para fora. Aos 33min foi a vez de Willian arriscar, mas sem direção. Aos 40mi, Marcelo conduziu para o meio e chutou também da entrada da área, ao menos obrigando Navas a trabalhar.

A falta de criatividade foi deixando os jogadores mais nervosos. E irritando os torcedores, que terminaram o primeiro tempo bastante insatisfeitos.

Para tentar mudar o panorama, o técnico Tite colocou Douglas Costa no lugar de Willian. A mudança fez o Brasil ficar bem mais objetivo, criando duas oportunidades na sequência, ambas aos 4min. Primeiro, Gabriel Jesus cabeceou no travessão. Paulinho pegou o rebote e tocou para Philippe Coutinho concluir de primeira de dentro da área, mas a bola desviou na zaga e saiu.

Isso levantou a torcida e incendiou o jogo, o que em momento algum ocorreu no primeiro tempo. Aos 10min, Paulinho avançou pela direita e cruzou na medida para Neymar, da marca do pênalti, concluir para defesa espetacular de Navas, que também pegou pouco depois o chute de Philippe Coutinho.

Com Neymar aos 18min, o time brasileiro, porém, voltou às práticas da etapa inicial, deixando de explorar os lados do campo. Para dar ainda mais ofensividade, Tite trocou o volante Paulinho pelo atacante Firmino.

Mesmo dando mais espaço, o Brasil teve a chance de marcar em bobeada do adversário. Neymar roubou, mas mandou para fora, rente à trave, quando podia ter avançado mais para finalizar.

Em contra-ataque, o Escrete Canarinho conseguiu pênalti aos 32min. Porém, depois de consultado o vídeo, o árbitro holandês Björn Kuipers considerou que não houve falta de González em Neymar e mandou o jogo seguir.

CASTIGO Com o passar do tempo, Costa Rica passou a abusar da cera, deixando os brasileiros malucos. Tanto que Neymar e Philippe Coutinho foram advertidos com cartão amarelo por reclamação.

A paciência acabou de vez quando Navas disputou bola no alto com Thiago Silva e caiu no gramado, quando o rebote tinha sido brasileira. O gol acabou saindo já nos acréscimo, com Philippe Coutinho, que apareceu no meiio da zaga depois dGabriel Jesus dominar mal e tocou de bico embaixo das pernas de Navas. Já cinco minutos depois, o Brasil aproveitou saída errada do adversário e Douglas Costa serviu Neymar, livre, que marcou o segundo.

BRASIL 2 x 0 COSTA RICA

BRASIL – Alisson; Fágner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho (Firmino 22 do 2º), Willian (Douglas Costa, intervalo), Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus (Fernandinho 47 do 2º). Técnico Tite

COSTA RICA – Navas; Gamboa (Calvo 29 do 2º), Acosta, González e Oviedo; Duarte, Guzmán (Tejeda 37do 2º) e Borges; Venegas, Bryan Ruiz e Ureña (Bolaños 8 do 2º). Técnico: Óscar Ramírez

GOLS – Philippe Coutinho, aos 45 minutos, e Neymar, aos 51 do segundo tempo
ÁRBITRO – Björn Kuipers (HOL)

ASSISTENTES – Sander Van Roekel e Erwin Zeinstra (HOL)
CARTÕES AMARELOS – Neymar, Philippe Coutinho,Acosta,  

PÚBLICO – 64.468
LOCAL – Arena de São Petersburgo, em São Petersburgo (Rússia)






TOP MAIS
1 - ZÉ NETO E CRISTIANO NOTIFICAÇÃO PREFERIDA
2 - VITOR KLEY MORENA
3 - GUSTAVO MIOTTO CONTRAMÃO
4 - ATITUDE 67 CERVEJA DE GARRAFA
5 - IZA PART. RINCON SAPIÊNCIA GINGA

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2018. Todos os direitos reservados. - Site Ouro