facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Notícias
O que dá para fazer com os R$ 51 mi atribuídos a Geddel

 

Portal Uai 

 

Período de chuva chegando e junto com ela as enchentes em Belo Horizonte.  Esse problema recorrente na capital poderia ser resolvido, em grande parte, com os R$ 51.030.866,40 nas malas encontradas pela Polícia Federal em um apartamento em bairro nobre de Salvador, na Bahia.

A capital baiana é terra natal do peemedebista Geddel Vieira Lima, que cumpre prisão domiciliar na cidade. De acordo com a Polícia Federal, esse dinheiro pertence a Geddel, ex-deputado federal com cinco mandatos e ex-ministro do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e do presidente Michel Temer, além de vice-presidente da Caixa durante o governo da presidente Dilma Rousseff.

 

A reportagem calculou o que daria para fazer, caso o dinheiro fosse destinado a melhorias na capital dos mineiros. 

Entre tantas obras que a capital precisa, há duas muito importantes: uma delas é a drenagem de ribeirões para evitar enchentes, que todo ano assombram motoristas e pedestres em áreas críticas.

 

A outra obra é a construção de casas populares, tendo em vista o déficit habitacional na capital, que é 78 mil unidades, de acordo com a última pesquisa da Fundação João Pinheiro, de 2010.

 

DRENAGEM

 


Há pouco mais de uma mês, no dia 2 de agosto, a Prefeitura de Belo Horizonte Horizonte publicou abertura de licitações para a realização de duas importantes obras de prevenção de enchentes na cidade. 

O plano da Prefeitura de Belo Horizonte é realizar obras de otimização do sistema de drenagem das bacias dos ribeirões da Pampulha e do Onça e a implantação da bacia de detenção do Barreiro das Indústrias.
 
No caso das bacias dos ribeirões da Pampulha e do Onça , o valor total da obra do primeiro lote está estimado em R$ 212.960.867,46, com o prazo de execução de 1.020 dias corridos a partir da primeira ordem de serviço. Já para o segundo lote, o valor do teto é de R$ 13.133.032,69, com prazo de execução de 300 dias. 

Mas em se tratando da Bacia de Detenção, para a drenagem no Bairro das Indústrias os R$ 51 milhões seriam mais que suficientes. De acordo com a planilha da PBH, a obra está estimada em R$ 32.249.868,36

 

CONJUNTOS HABITACIONAIS

 
O dinheiro também seria bastante para construir cinco conjuntos habitacionais como o Juliana, na Região Nordeste de BH, entregue em março de 2011.

O conjunto abriga 192 apartamentos, em 24 prédios, onde foram investidos R$ 10.386.204,39.

 





TOP MAIS
1 - MARÍLIA MENDONÇA DE QUEM É A CULPA
2 - LÉO MAGALHÃES OI
3 - DILSINHO PIQUINIQUE
4 - ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO DESTINO
5 - COLDPLAY HYPNOTIZED

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2017. Todos os direitos reservados. - Site Ouro