facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Notícias
Desempregado desabafa na Câmara contra falta de oportunidades em Itabira

 

DEFATOONLINE

 

Vasto currículo, qualificado para atuar em várias funções e desempregado. Há dois anos sem ter a carteira assinada, o itabirano Valter Antônio Anastácio não se conteve e desabafou durante a reunião da Câmara de Vereadores nessa terça-feira, 26 de setembro. Ele reclamou da falta de oportunidades na cidade e das condições às quais os trabalhadores em busca de um reposicionamento estão sendo submetidos na sede do Sine, no bairro São Pedro: “É uma barbaridade!”.

Valter se manifestou enquanto o vereador e presidente do Sindicato Metabase de Itabira e Região, Paulo Soares (PRB), usava a tribuna para falar, mais uma vez, sobre o cenário de desemprego no município. A exemplo do que fez na semana passada, o republicano voltou a criticar a contratação de pessoas de outras cidades, enquanto há entre os itabiranos uma vasta lista de gente sem trabalho.

Com uma série de contas a pagar nas mãos, Valter Anastácio falou da realidade enfrentada por milhares de pessoas em Itabira que não conseguem um emprego fixo. “Já trabalhei em muitas empresas, tenho sete profissões, quatro filhas e falo para vocês: não é fácil pagar as contas. Vendi dois carros ano passado para pagar dívidas, estou com um carro na garagem tem mais de um ano, porque não tenho dinheiro para pagar o imposto e tenho que colocar o ‘pão de cada dia’ na vida das minhas filhas. Têm muitos pais de família passando necessidade aqui em Itabira, que precisam colocar comida dentro de casa e não têm condições”, desabafou. 

Ele reclamou das condições precárias na fila que se instala todos os dias em frente ao Sine de Itabira e pediu intervenção dos vereadores para mudar a situação. “Outro dia fiquei sabendo que tinha cinco vagas de mecânico. Fiquei (na fila) de cinco até as oito horas em pé, não tinha banheiro, não tinha uma cobertura. Eu até conversei com a imprensa e expliquei toda a situação, inclusive essa de empresas contratarem pessoas de fora. Isso é uma barbaridade, é uma vergonha, nasci em Itabira e acho isso uma calamidade, uma falta de respeito com os itabiranos”, criticou.


Vereador Paulo Soares afirmou que situações como a de Valter "machucam"

Na semana passada e também nessa terça-feira, Paulo Soares disse que conversou com prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB) na tentativa de mudar o atual cenário. Segundo ele, o chefe do Executivo se prontificou em conversar com os empreiteiros e solicitar a preferência para a contratação local, além de mudar o sistema atual utilizado pelo Sine, na seleção das vagas de emprego. Para o vereador, o cadastramento de currículos que exige a presença dos desempregados nas filas é algo que acontece apenas em Itabira.

“Isso é o que tem machucado a gente (exemplo do desempregado). Nós temos excelentes profissionais aqui, nós temos a melhor mão de obra do país no sistema extrativo e nosso serviço é negado. A partir de agora nós vamos apresentar a nossa lista de desempregados, e de trabalhadores deficientes e vamos dizer: cumpra a cota, já que você veio ganhar dinheiro em nossa cidade! É o que as outras cidades estão fazendo. O que não dá pra fazer é a gente ficar trombando com as pessoas desempregadas na rua”, disse Paulo Soares. 






TOP MAIS
1 - Família de Ipatinga é cercada por criminosos e tem carro roubado na MG-120
2 - MARÍLIA MENDONÇA DE QUEM É A CULPA
3 - DILSINHO CANSEI DE FARRA
4 - HENRIQUE E JULIANO AQUELA PESSOA
5 - ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO DESTINO

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2017. Todos os direitos reservados. - Site Ouro