facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Notícias
Prefeito de Itabira faz balanço do governo em 2017 e diz que 'missão foi cumprida'

 

Tatiana Santos - Defato

 

O prefeito de Itabira, Ronaldo Lage Magalhães (PTB), convocou a imprensa local para uma coletiva, mostrando o balanço de seu governo no ano de 2017. O encontro ocorreu no final da tarde desta terça-feira, 26 de dezembro, no gabinete. O chefe do Executivo fez explanações sobre diversos temas, como a alíquota da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem), questão da água na cidade, creches no município, além de outros assuntos. Apesar de traçar um cenário desafiador do ano que se encerra, Ronaldo Magalhães diz terminar o ciclo 2017 de maneira otimista e com a sensação de dever cumprido.

“A condição em que encontramos a prefeitura é uma missão cumprida nossa. Eu falo minha, do secretariado, da vice-prefeita, das entidades, do servidor público, que apesar de, com toda a dificuldade que está aí, atrasando o pagamento, eles estão trabalhando. Está caminhando bem”.  

O prefeito abordou a falta de repasses do Governo Federal referentes ao ICMS, ao Fundeb da Educação, e principalmente, da Cfem ao município, o que segundo ele, acabou repercutindo na receita municipal. Conforme explicou, somente neste mês de dezembro, o Governo estadual deixou de repassar a Itabira cerca de R$ 7 milhões entre ICMS, que é a principal fonte de receita da cidade, e Fundeb; já da Cfem estão retidos em torno de R$ 5, 2 milhões. Somente com os três repasses que não foram arrecadados neste mês, o município teve déficit de R$ 12 milhões. Como resultado, o atraso nos pagamentos do 13º dos servidores e fornecedores da prefeitura. “É isso que está dificultando todos esses pagamentos que já deveriam ter sido feitos. Dentro do nosso planejamento, estávamos contando com isso e não entrou [o dinheiro]. Vamos ver se amanhã ou depois entra alguma coisa, para a gente poder estar regularizando nossas contas”, disse Ronaldo.

Segundo ele, em janeiro deste ano, a previsão para Itabira era um déficit de R$ 96 milhões para o ano, mas o saldo negativo foi amenizado, devido aos cortes na estrutura municipal, com redução de aproximadamente 300 contratos, redução de cargos, mão de obra e veículos. O déficit atual gira em torno de R$ 30 milhões. “Mas estamos nos organizando para este ano a gente ir reduzindo isso cada vez mais e fechar bem o 2018, para termos condições de um 2019 e 2020 bem melhor, inclusive com alguns investimentos”, informou.

Minha Casa Minha Vida

O prefeito adiantou que até o mês de março de 2018 estará em definição na Caixa Econômica Federal a parte burocrática para financiamento dos 400 apartamentos do programa Minha Casa Minha Vida, já acertado no Ministério das Cidades. Nesta quarta-feira, 27, Ronaldo deve se reunir com o gerente regional da Caixa, Pedro Valadares, para dar andamento ao processo, conforme anunciou.

Canal do Gabiroba

Ronaldo disse que já assinou dois de três contratos para o prolongamento do canal do Gabiroba até a avenida Machado de Assis, no bairro Machado, e que já na primeira semana de janeiro assinará o restante do contrato com o BDMG. Na última sexta-feira, 15, ele esteve com o presidente da instituição e conseguiu R$ 15 milhões para financiar parte da obra, que fica em torno de R$ 22 milhões. “Isso passava de R$ 30 milhões aquela primeira etapa. Nós conseguimos reduzir bastante esse projeto e vamos trabalhar a partir de janeiro também esse complemento de, pelo menos mais R$ 5 milhões”. A prefeitura de Itabira terá uma contrapartida de 10%. 

Problema da água

As obras de ampliação da captação de água da Barragem Santana estão em andamento e Ronaldo declarou que a expectativa é de que a construção seja toda finalizada no ano que vem, resolvendo por completo o problema de falta do recurso em Itabira. Ele adiantou que licitará para a obra, no início de 2018, o anel hidráulico, construção de seis quilômetros de rede para interligar sistemas. Os recursos financeiros já estão disponibilizados.

Cemei

Com as obras paradas há alguns anos o Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) dos bairros Gabiroba, Barreiro, Boa Esperança e Fênix, devem ter a construção das unidades retomadas e finalizadas em 2018. O chefe do Executivo informou que foram aumentadas 106 vagas em creches na cidade e, para o ano que vem, a previsão é de, pelo menos mais 100 vagas disponíveis.

Unifei

Em 2018, a construção do terceiro prédio da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) em Itabira será retomada, como informou Ronaldo. Como o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG) suspendeu o edital de construção do terceiro prédio com custo orçado em pelo menos R$ 113 milhões, o prefeito disse que ajustou com o escritório Gustavo Penna Arquiteto & Associados o projeto arquitetônico e refez os cálculos para tornar a obra mais barata. Ele esteve com o secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação, Paulo Barone, e o escritório Gustavo Penna já aceitou a proposta apresentada. Pela projeção do secretário municipal de Obras, Ronaldo Lott, haverá redução de custo da edificação em torno de 25% do projeto inicial. “Então, apesar das dificuldades, as coisas com muito esforço estão caminhando”, finalizou o chefe do Executivo.


teste



TOP MAIS
1 - ZÉ NETO E CRISTIANO NOTIFICAÇÃO PREFERIDA
2 - VITOR KLEY MORENA
3 - GUSTAVO MIOTTO CONTRAMÃO
4 - ATITUDE 67 CERVEJA DE GARRAFA
5 - IZA PART. RINCON SAPIÊNCIA GINGA

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2018. Todos os direitos reservados. - Site Ouro