facebook 
Home Futebol Colunistas Planeta música Vagas de Empregos Documentos perdidos Fotos Promoções Contato
            Pontal Abrangência Programas
Boa tarde - Itabira, terça, 26 de março de 2019 Hora: 16:03
Notícias
Golpe no Whats que usa falsa promoção da Faber-Castell faz 560 mil vítimas no Brasil

 

 

“Cadastre-se e receba sua amostra grátis Faber-Castell também! É grátis!”. Se você recebeu esta mensagem pelo WhastApp, fique atento pois é o novo golpe que circula na web. A empresa que produz materiais escolares informou que a campanha não foi criada por ela. Mesmo assim, conforme a empresa de segurança virtual Kaspersky, o golpe já fez 568 mil vítimas em todo o Brasil desde o último dia 3.

A intenção dos cibercriminosos é coletar os dados pessoais dos usuários para cometer fraudes futuramente. Quem cai na armadilha é remetido para uma página que, logo de cara, exige o número de telefone, e-mail e endereço da vítima. Depois, a corrente enganosa pede que o usuário compartilhe a mensagem com cinco amigos para garantir o falso prêmio.

Somente no primeiro dia do golpe, segundo a Kaspersky, foram identificados 70 mil acessos no link malicioso. A Faber-Castell reforçou que trata-se de uma falsa campanha. “A Faber-Castell informa que não tem envolvimento em promoções de distribuição de lápis de cor em sites de terceiros. Para sua segurança, ao participar de uma promoção, sempre verifique se ela está divulgada em sites e redes sociais oficiais”, divulgou a empresa.

Compartilhamento

 

 

 

 

 

 

A Kaspersky identificou que, ao compartilhar a falsa mensagem com os amigos, o usuário pode acabar baixando apps sem interesse ou é enviado para páginas da web com propagandas. Essas são algumas das formas que os cibercriminosos lucram com o golpe.

Neste ano, o WhatsApp continuará a ser o principal alvo para disseminação de golpes e fraudes. “O timing dos criminosos é sempre o de escolher temas que atraiam o maior número possível de visitantes ao site fraudulento e, assim, potencializar os ataques”, afirma Fabio Assolini, analista sênior da Kaspersky.

Messenger

Além do WhastApp, outro aplicativo de mensagens instantâneas também está sendo alvo dos cibercriminosos: o Facebook Messenger. Na página maliciosa que promete os materiais escolares foi inserida a opção de compartilhar o link por meio do Messenger. Do app, conforme a Kaspersky, vieram pouco mais de 950 mil do total de vítimas.

Como se proteger:

– Não clique em links suspeitos, principalmente os recebidos de desconhecidos. Evite também aqueles links suspeitos enviados por seus amigos via redes sociais ou e-mail. Eles podem ser maliciosos, criados para baixar malware em seu dispositivo ou para direcioná-lo a páginas de phishing que coletam dados do usuário. Além disso, seus amigos e familiares podem ter sido enganados ou hackeados.

– Sempre verifique o link antes de clicar. Coloque o mouse em cima do link para visualizar a URL e observe com atenção se há erros de ortografia ou outras irregularidades. Além disso, caso seja uma promoção ou algo utilizando o nome de uma marca famosa, sempre acesse o site oficial da empresa – digitando o site – para confirmar a veracidade da promoção ou campanha.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


teste



TOP MAIS
1 - BRUNO E MARRONE PART JORGE E MATHEUS SURTO DE AMOR
2 - JOHN LEGEND PREACH
3 - DILSINHO CONTROLE REMOTO
4 - GUSTTAVO LIMA CEM MIL
5 - MARCELO FALCÃO VIVER

 

Telefone de contato: (31) 3831-3522 / 3831-2878 / E-mail: pontal@radiopontal.com.br
Estamos localizado na Rua Francisco Osório de Menezes, 900 - Campestre - Itabira/MG
Rádio Pontal FM 104,3 - 2019. Todos os direitos reservados. - Site Ouro